Rádio JOVEM PAN

89.9. Jovem Pan Campinas

Ouvir

Bell Marques minimiza polêmica entre forró e sertanejo: "Em Salvador são bem-vindos"

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Bell Marques no Morning Show - 14/06/2017

Bell Marques minimiza polêmica entre forró e sertanejo:

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Bell Marques minimiza polêmica entre forró e sertanejo: "Em Salvador são bem-vindos"

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Fonte: Johnny Drum/Jovem Pan

Bell Marques minimiza polêmica entre forró e sertanejo: "Em Salvador são bem-vindos"

Bell Marques se apresenta na noite desta quarta-feira (14) em São Paulo com o seu show “Só as Antigas” e comentou, no Morning Show desta manhã, sobre a polêmica entre Elba Ramalho e Marília Mendonça, na Festa de São João de Capitá, em Pernambuco. O baiano afirmou que no Carnaval de Salvador todo são bem-vindos e que os “axézeiros” mostram que mandam por lá em cima do trio elétrico.

“Eu sou forrozeiro alternativo, hein? No Carnaval de Salvador todos são bem-vindos. Os baianos são imbatíveis lá. Quando chegam gringos, mostramos que somos melhores”, disse.

Ramalho havia reclamado que o forró era a essência do São João e que o sertanejo estava descaracterizando a festa. Para Marques, a música combina com qualquer coisa.

“Eu acho que música combina com qualquer coisa. Sigo a teoria de Rita Lee que é proibido proibir. Elba é uma figura maravilhosa e inclusive como digo ser um forrozeiro alternativo, tenho três discos de forró gravados. Um dos meus grandes ídolos é Luiz Gonzaga. O sertanejo tem uma gama de sucessos bacana, acho que cabe tranquilamente”, complementou.

Sou Chicleteiro por toda a minha vida

Mesmo longe do Chiclete com Banana para seguir sua carreira solo, Bell Marques garante que não deixou de acompanhar o grupo que criou na década de 1980. O baiano ressaltou que sempre será “chicleteiro”.

“Serei chicleteiro a vida inteira. Foi uma marca e uma banda criada por mim em 1983. Eternizei várias músicas e canções. Serei a vida inteira um chicleteiro. Estará impregnada em mim para sempre.  Falo com todo mundo. Não saí brigado com ninguém”, disse.

Show “Só as Antigas”

O veterano do axé brasileiro estará no Espaço das Américas nesta quarta-feira (14) para cantar os grandes sucessos da carreira em um formato diferente. Marques explicou que fará um medley de quase 90 músicas, durante três horas de apresentação.

“É um show vencedor e que nasceu na boca do povo. Levantavam placas pedindo as mais antigas. Canto quase 90 canções em medleys e beira três horas quase. São muitos sucessos em que cada participante tem sua preferida”, concluiu.

Tags da Pan

Comentários